Veja o processo de criação do Game Mad Land - Escola Saga

Alunos da Unidade Saga Tatuapé desenvolvem o Mad Land

SAGA no Gamepólitan 2015
06/25/2015
Exibir Tudo

Alunos da Unidade Saga Tatuapé desenvolvem o Mad Land

Jogo MadLand

Alunos da Unidade Saga Tatuapé desenvolvem game tipo plataforma

Quando se pensa em desenvolvimento de games usando a Unreal Engine, associa-se a criação de games de ação tipo Shooter: Cenários abertos com muita armas, times contrários, guerra e muito sangue. Mas não é apenas assim. A plataforma de desenvolvimento Unreal é uma poderosa ferramenta na mão de uma boa equipe de arte, game design e TI para criação de uma gama quase que infinita de tipos de games digitais.

Veja algumas imagens

Jogo MadLand
Jogo MadLand
Jogo MadLand
Jogo MadLand
Jogo MadLand

Desenvolvimento

Focado no conhecimento adquirido no curso Playgame da Escola Saga, dois alunos da Unidade Tatuapé em São Paulo, Fabiano Nacandacare e Felipe Augusto, resolveram fugir do tão atraente mundo shooter, e embarcar no retrô e não menos atraente universo de games tipo plataforma, pensando no mercado de trabalho e também na paixão pessoal por games clássicos como Mário, Sonic, Mega Man e Ninja Gaiden.

Desse desejo nasceu o projeto Mad Land. Um game onde o personagem Mad coleta cristais em busca do seu desenvolvimento para combater inimigos.

A produção até o teste do beta no evento Anime Friends 2014, durou 10 meses e contou com enormes desafios típicos de uma produção Indie acadêmica. É muita coisa sendo feita com uma equipe reduzida. Mas esse acúmulo de papeis faz com que os alunos passem por etapas que só somam no aprendizado.

“Nós gostamos muito de jogos de plataforma e resolvemos fazer um, e não só por esse motivo mas porque esse estilo de jogo é mais fácil conseguir alguma coisa no mercado de trabalho. O jogo de plataforma diverte muita gente e não queríamos que agradasse só os gamers (hardcore gamers). Resolvemos fazer um jogo para que o público geral se divertisse, sem tirar os desafios que os jogos de plataforma contém.” (Fabiano Nacandacare)

Integrantes

Além dos alunos Fabiano e Felipe que são os idealizadores, outros alunos e convidados foram participantes em diversas etapas do desenvolvimento. Veja abaixo a lista completa:

Fabiano Nacandacare (Saga Tatuapé)
Felipe Augusto (Saga Tatuapé)
Gabriela Kim Passos (Saga Tatuape e Santo Amaro)

Outros participantes:
Décio Silva Junior (ex-aluno do curso Start – Saga Lapa)
Jorge Winchester – parceria (estudio de música The Coven)

Criadores do game:
Fabiano Nacandacare
Felipe Augusto

Acompanhe o Projeto

Agora é esperar o lançamento oficial! Mas por enquanto acompanhe o desenvolvimento do game na fanpage do Mad Land.

“Nós gostamos muito de jogos de plataforma e resolvemos fazer um, e não só por esse motivo mas porque esse estilo de jogo é mais fácil conseguir alguma coisa no mercado de trabalho. O jogo de plataforma diverte muita gente e não queríamos que agradasse só os gamers (hardcore gamers). Resolvemos fazer um jogo para que o público geral se divertisse, sem tirar os desafios que os jogos de plataforma contém.” (Fabiano Nacandacare)

Start seu Futuro!

Vá até a escola SAGA mais próxima e matricule-se no Curso PLAYGAME