O que é modelagem 3D?
3 dicas para produzir vídeos de gameplay
09/26/2016
Otaku: descubra agora se você é um também
12/20/2016
Exibir Tudo

O uso da tecnologia 3D para games não é mais uma novidade. Atualmente, a maior parte dos jogos lançados são desenvolvidos com esse recurso. Além disso, a modelagem 3D também está constantemente presente em filmes e séries de animação.

Isso acontece pois as técnicas de modelagem 3D permitem a construção de diversos tipos de personagens sofisticados e de cenários repletos de detalhes e texturas — todos fatores fundamentais para entregar resultados muito próximos da realidade.

Se você curte animação, quer se tornar um desenvolvedor de jogos ou apenas saber um pouco mais sobre esse universo, confira o post que preparamos com as principais dicas para você!

O que é modelagem 3D?

Quem deseja atuar na área de modelagem 3D, para criar objetos e personagens do zero, sem falar da animação 3D, é muito importante ter um conhecimento mínimo de informática. Por isso, é fundamental estudar a área para se capacitar adequadamente. Entender o que é modelagem, com certeza, é o primeiro passo para iniciar a sua rotina de estudos.

De forma resumida, a modelagem 3D se caracteriza por ser o processo de criação de objetos ou personagens em 3 dimensões, utilizando softwares específicos para isso. Com o auxílio desse método, é possível simular qualquer tipo de objeto, cenário ou personagem em cenas animadas ou estáticas. A aplicação da modelagem 3D abrange diversas áreas, como cinema, jogos, arquitetura e ilustrações.

Como acontece o processo de criação em 3 dimensões?

Para desenvolver a criação de qualquer cena 3D, por meio de modelagem em computadores, é importante saber a sua aplicação e a complexidade e o estilo desejados.

Isso porque a cena pode ser uma simulação da realidade ou estilizada, como de filmes para crianças que utilizam o estilo cartoon. De qualquer forma, no processo de criação, alguns passos são comuns a todas as aplicações. A seguir, veja quais são.

Concepção dos elementos

Quando chega a hora de definir o estilo da imagem que deseja criar — se ela será uma cena estática ou animação —, é indispensável criar uma lista com todos os elementos que serão criados, a composição e o aspecto de cada um: cor, textura, rugosidade etc. Nesse processo, é aconselhado criar um projeto com desenhos, referências e descrições. Toda essa organização certamente poupa tempo na confecção da sua arte 3D e facilita o resultado final.

Modelagem

Por meio do planejamento feito no momento da concepção, é iniciada a modelagem em programas específicos. Alguns softwares como Autodesk Maya, Max, cinema 4d e Blender são os mais usados no segmento de modelagem 3D.

No entanto, é possível contar com o apoio de programas como ZBrush ou para criação de modelos considerados mais orgânicos, por exemplo, personagens como animais ou seres humanos.

Em programas 3D, também são feitas estruturas conhecidas como rigging, para que seja possível animar os objetos modelados. Por exemplo, mãos e pés podem conter dedos com articulações. O limite aqui é a sua criatividade.

Ainda dentro do contexto da modelagem 3D, de acordo com o autor do livro digital Modeling, William Vaughan, é possível dividir os tipos de modelagem em duas categorias:

  1. hard surface (superfícies duras) — que caracteriza todo tipo de objetos feitos ou construídos pelo homem, por exemplo, robôs, casas, automóveis etc.;
  2. organic — ou seja, todo tipo de modelo que possa ser categorizado como orgânico, incluindo animais, humanos, plantas e tudo que esteja ligado à natureza.

Renderização

É muito importante não confundir textura com renderização. Após modelar a cena por completo e texturizá-la, chega o momento de criar a iluminação e gerar a imagem (renderizar), a fim de que ela se transforme no que foi concebido.

O modelo desenvolvido nos programas 3D aparece para você em uma cor sólida ou com texturas simples para uma pré-visualização. A cena completa, com todos os efeitos de luz, sombras e aspecto dos materiais, precisa ser gerada em um renderer — programa ou plugin que dará a saída final para a imagem.

Cenas 3D para games

Nesse caso, a renderização é diferente, já que é feita em tempo real no game. Toda a simulação de luz, sombra e aspectos das texturas é criada na tela enquanto acontece o jogo. A Engine, programa para criação de jogos, é responsável por proporcionar essa simulação em tempo real. As mais populares são a Unreal Engine, utilizada no Curso Playgame, e a Unity.

Pós-produção

Praticamente, toda cena 3D criada e renderizada — seja ela estática, seja uma animação — precisa passar por algum tipo de tratamento de pós-produção. Cenas estáticas podem ter suas cores ou estilo melhorados em programas como Photoshop. Isso também acontece com animações, que são inseridas em outras cenas ou alteradas na composição utilizando programas como o After Effects.

Quais são os softwares que podem ser utilizados na modelagem 3D?

Existem diversos tipos de softwares utilizados para a modelagem 3D, com funções e interfaces diferentes. A seguir, confira os principais.

Tinkercad

Se você está iniciando sua jornada na modelagem 3D e ainda não tem ideia de em qual área deseja se especializar, o Tinkercad é uma ótima alternativa. Toda a interface do software funciona dentro do navegador, sem a necessidade de instalar o programa, bastando apenas a criação de uma conta.

Vale ressaltar que esse programa é limitado, apresentando algumas funcionalidades mais simples, indicadas para iniciantes na modelagem 3D. Apesar disso, é possível acessar a lista de tutoriais para ajudar você a criar seus próprios modelos.

O Tinkercad é altamente indicado para treinar os conceitos básicos da modelagem 3D. Mas, se você já está pronto para projetos mais elaborados, continue acompanhando nossa lista.

3DS Max

O 3DS Max, desenvolvido pela Autodesk, é um dos softwares mais populares no segmento de modelagem 3D. Por isso, o programa é praticamente um padrão do mercado 3D, sendo a alternativa ideal para quem deseja iniciar sua carreira no ramo de modelagem 3D.

O software tem diversas ferramentas, com muitas funções para todas as áreas de criação e de produção da modelagem 3D. Pode ser utilizado desde por iniciantes que ainda estão aprendendo as etapas da criação 3D até por profissionais mais completos que buscam elaborar modelos complexos.

No entanto, o 3DS Max não é gratuito, podendo ser adquiridos por meio de planos de assinaturas. A boa notícia é que existe a opção de assinatura para estudantes, que oferece valores mais baixos para ajudar quem está iniciando a carreira e os estudos.

Blender

O Blender é outro software muito querido na comunidade de modelagem 3D, principalmente pelo fato de ser totalmente gratuito. No entanto, não se engane, o Blender entrega diversas funcionalidades com qualidade, disponibilizando, até mesmo, recursos integrados para a produção profissional de animações e jogos.

Antigamente, os iniciantes da modelagem 3D encontravam um pouco de dificuldade para utilizar o Blender. Porém, hoje em dia, a interface do programa vem sendo atualizada para se tornar cada vez mais intuitiva.

Sem falar da enorme comunidade ativa do software, que conta com uma grande variedade de informações e documentação de dados. Além disso, também é possível acessar o portal brasileiro para tirar dúvidas e conversar com profissionais da área da modelagem 3D.

ZBrush

Se você pretende atuar com a modelagem livre de personagens para animações e games, um estilo mais clássico que se assemelha às esculturas em massa, esse é o seu software. O ZBrush, desenvolvido pela Pixologic, é um programa mais focado na modelagem 3D.

A ferramenta oferece diversas formas básicas para que você possa criar o seu modelo 3D, por exemplo, uma esfera. O limite é a sua criatividade, pois o programa disponibiliza vários pincéis para modelar qualquer personagem ou objeto que desejar.

Por outro lado, o ZBrush tem alguns defeitos já conhecidos pela comunidade de modelagem 3D, como sua interface nada intuitiva, que acaba dificultando a curva de aprendizado. Assim sendo, se você está iniciando sua carreira agora, é fundamental estudar e assistir a tutoriais sobre a ferramenta — você vai ver que assim ficará mais fácil criar suas esculturas.

Vale ressaltar que o programa é pago, mas se você ainda não quer investir dinheiro em uma ferramenta de modelagem 3D, a desenvolvedora Pixologic criou uma alternativa ideal. O software Sculptris é uma versão mais simples e totalmente grátis do ZBrush. Mesmo com menos recursos disponíveis, ainda é capaz de ajudar a criar suas esculturas facilmente.

AutoCAD

Por último, mas não menos importante, temos o AutoCAD, uma ferramenta de modelagem 3D focada na elaboração de desenhos técnicos. O programa conta com um variado conjunto de funcionalidades para modelos de diversos segmentos do mercado civil, como projetos de arquitetura, instalações elétrica e hidráulica, entre outros.

Além disso, o AutoCAD também é muito utilizado para projetos de mecânica, com ferramentas ideais para desenhar peças para todo tipo de indústria. Uma vez que tudo que é fabricado ou construído, necessita de um projeto.

Nesse sentido, por mais que você estude para dominar o software, é essencial ter um conhecimento específico de acordo com a área em que você deseja atuar. Vale ressaltar que os conhecimentos necessários podem variar de acordo com o nicho escolhido.

Na mecânica, por exemplo, é necessário entender cada peça que compõe o projeto final. Além disso, é importante entender a aplicação do projeto na prática. Todos esses aspectos contribuem para construir uma base de conhecimento sólida na modelagem 3D.

Vale lembrar que o AutoCad não é um programa gratuito, necessitando da compra. Mas, você pode testar todas as funcionalidades e descobrir se essa é a ferramenta mais adequada para suas necessidades por meio da versão de avaliação completamente gratuita, que garante 30 dias como período de testes após a instalação.

Como você pode notar, existem diversos tipos de softwares para modelagem 3D. Por isso, para encontrar a ferramenta mais adequada para iniciar sua carreira na área, é imprescindível testar o maior número de programas antes de investir dinheiro em um software.

O segmento de modelagem 3D é extenso e repleto de oportunidades. Se você também quer iniciar sua jornada na modelagem 3D e quer saber todas as novidades e dicas da área, assine a nossa newsletter!