Quero seguir carreira em games: como escolher uma escola completa?

Quero seguir carreira em games: como escolher uma escola completa?

MOMENTO INDIE: Alunos SAGA estreiam novo quadro do EI Games
08/04/2017
Exibir Tudo

Quero seguir carreira em games: como escolher uma escola completa?

Decidiu seguir uma carreira em games? Primeiramente, parabéns! Essa é uma carreira bastante recompensadora na medida em que você acompanha os projetos saindo do papel, além de ser importante para o desenvolvimento de uma indústria que não para de crescer.

Porém o começo exige calma. Sendo assim, o primeiro passo para trabalhar com o desenvolvimento de jogos é encontrar a escola certa. Como identificar isso? Abaixo, você confere algumas informações valiosas para acertar em cheio na escolha.

Ser um desenvolvedor de jogos é o sonho de muitos, mas saber o que quer fazer é apenas a primeira etapa, agora é hora de analisar as opções para qual escola cursar. Imagem: IndieWatch

Por que essa decisão é importante?

Por ser o local em que você vai estudar pelos próximos anos, a escola de games precisa preencher uma série de requisitos que garantirão sua formação adequada.

Desse modo, é essencial pesquisar bastante sobre a instituição antes de fazer a matrícula. Para começar, procure informações sobre a experiência dos professores, como o currículo e as principais áreas de conhecimento de cada um.

É importante também saber a qualificação da instituição em si. Por exemplo, se ela tem uma grade de cursos completa e variada e oferece uma estrutura adequada nas salas.

O que a escola deve oferecer?

Agora que você já sabe da importância de buscar uma escola de games completa, conheça alguns motivos que fazem com que esses locais sejam os mais adequados para os seus estudos.

Seja design gráfico ou edição de vídeo, todo tipo de conhecimento é usado nos jogos. Imagem: design365days

Grade curricular completa

Um desenvolvedor da área precisa estudar matérias bem diferentes, mas todas igualmente importantes na criação de um jogo. Por isso, a escola deve estar preparada para oferecer essa variedade.

Sendo assim, a grade curricular deve envolver disciplinas como arte digital, efeitos visuais, programação, sonorização, design digital e muitas outras, que são aspectos essenciais dos games.

Além disso, o aluno deve entrar em contato com mais de uma linguagem de programação e plataforma de desenvolvimento. Será dessa forma que você obterá diferenciais no mercado e se tornará um conhecedor ainda maior da área.

Um bom exemplo de profissionais de areas diferentes trabalhando em um game é a parceria de Hideo Kojima com Guillermo del Toro. Imagem: Nerdreactor

Formação de um profissional completo

É importante escolher uma área de especialização para seguir na produção de jogos. Porém, nos estudos, o futuro profissional precisa estar preparado para ser holístico — ou seja, alguém que visualiza o todo de uma situação, pensa de forma organizada e integra ações e pensamentos.

Em outras palavras, você precisa desenvolver familiaridade com setores bem diferentes, incluindo programação e design, além de compreender a relação entre eles em um projeto.

Pokémon GO foi um sucesso que teve timing com as tendencias tecnológicas, sem falar do fator nostalgia, que foi vital para o sucesso da jogada. Imagem: Gazeta do Povo

Informações sobre o mercado

A escola que oferece uma carreira em games precisa estar atualizada em relação ao mercado de trabalho. Afinal, o setor de games está sempre em evolução e é importante não ficar ultrapassado.

O que está na moda em termos de arte digital? Que gênero está em maior evidência no mundo dos games? Quais são as linguagens de programação mais necessárias hoje em dia? Essas questões devem ser prontamente respondidas pelos professores e devidamente trabalhadas nas matérias.

Os softwares mais modernos são uma necessidade para uma escola neste setor. Imagem: PluralSight

Equipamentos atualizados

Os equipamentos fornecidos em sala de aula também precisam oferecer o suficiente para que o estudante aprenda com eficiência. Isso é válido tanto para os computadores quanto para os programas utilizados, como softwares de modelagem 3D.

Eles ainda devem ser modernos e atualizados em termos de ferramentas em funções. Afinal, quando você estiver empregado em uma desenvolvedora, deve encontrar plataformas iguais ou muito similares para trabalhar.

Além disso, os softwares deve estar atualizados por uma série de motivos técnicos. As versões mais recentes são mais seguras e estáveis, possuem funções adicionais e podem contar com suporte da desenvolvedora, caso seja necessário.

Curtiu todas as dicas acima, encontrou a escola certa e decidiu pela carreira em games. Confira como se tornar um desenvolvedor de jogos e boa sorte na futura profissão!

Aproveite também para conhecer a unidade SAGA mais próxima de você e marque a sua oficina gratuita!

Start seu Futuro!

Vá até a escola SAGA mais próxima e matricule-se no Curso PLAYGAME